Primitive Reason - Celebration

6 de Março de 2014, Cinema São Jorge, Lisboa.

Banda fundada em em 1993, os Primitive Reason têm o seu primeiro grande sucesso três anos depois, com o tema "Seven Fingered Friend”, do album Alternative Prison, e torna-se um dos singles mais eficazes da história da música portuguesa e os Primitive Reason são imediatamente catapultados para um patamar invejável com o estatuto de uma das bandas mais criativas e inovadoras da época.

20 anos depois, após muitas mudanças, experiências, muito crescimento e consolidação, a banda continua com a mesma força de sempre. Após o lançamento de Power to the People em 2013, a marca dos vinte anos exigia uma grandiosa celebração, que teve lugar no palco do Cinema São Jorge.

Foi uma festa preparada ao pormenor em que se fazia questão de ser partilhada com ex-membros e outros músicos que, de uma forma ou de outra estiveram envolvidos com os Primitive Reason. Assim, nesta "Celebration" participaram:

- James Beja, baixista dos Primitive Reason de 2000 a 2009

- Mark Cain, saxofonista original da banda que acompanhou os Primitive Reason até 1999.

- Ana Stilwell, uma das novas vozes femininas portuguesas.

- Marta Ren que tem um passado intimamente ligado ao Ska, Reggae e Dub, sons bem presentes no projecto de que é fundadora; Sloppy Joe, actualmente, a trabalhar no seu álbum de estreia a solo. A participação no concerto dos Primitive Reason será um regresso às suas raízes.

- Nelassassin, que descobriu a arte de mixar música a meio dos anos 90 e, um pouco mais tarde, a arte dos pratos e do scratch que lhe abriu portas para diversos projectos, bandas e colaborações como: Dealema, The Legendary Tiger Man, Sam The Kid, Buraka Som Sistema, Balla, entre outros. Chega agora a altura de colaborar com os Primitive Reason nesta celebração especial.

O concerto contou ainda com a participação de Nuno Gomes, Joana Beja, YouthOne dos Mundo Complexo e da secção de metais que acompanha os Primitive Reason nos concertos ao vivo - The Alternative Brass Section.

Para o início do concerto está preparada uma homenagem surpresa a cargo do Coro Juvenil da Academia de Música de Óbidos.