Berg

Berg no Festival Sol Da Caparica 2015.
Dia 3, 16 de Agosto.

“É uma grande honra fazer parte deste cartaz porque a Costa da Caparica foi a terra que me adotou”, começa por explicar Berg. “É também bom ver que há pessoas que arriscam e que fazem Festivais de alta qualidade como o Sol da Caparica”. Sobre o concerto, Berg levanta o véu: “A particularidade é que tenho duas ou três surpresas no reportório e vou com dois novos membros na banda e muito funk!” Vai haver festa, portanto.

Todos conhecemos Berg. Foi o incontestado vencedor da primeira edição do popular concurso televisivo Factor X e isso deu-lhe uma visibilidade tremenda. Mas a sua carreira já existia. Nasceu em Angola, cresceu no Porto e viveu na Suíça. Lançou-se a sério na música em Portugal ainda durante os anos 90 e depois passou 14 anos na estrada com Rui Veloso, como membro integrante da sua banda. A sua experiência não acaba aí: gravou com gente enorme como Boss Ac, Pedro Abrunhosa ou GNR. A sua experiência é, por isso mesmo, tremenda. E é essa experiência que Berg traz para o palco, assumindo por um lado o seu lado de performer, entregando-se a algumas das canções que o ajudaram a tornar-se vencedor do Factor X, mas também ao seu próprio material, como o que gravou em Berg, o seu mais recente trabalho que inclui sucessos como “Alice” ou “Tell Me”. Capaz de navegar os rios que unem a soul ao rock, de alternar entre o português e o inglês, Berg é, verdadeiramente, um artista do mundo.

By Luis Macedo
Google+