Pedro Abrunhosa

Concertos de Verão no Casino do Estoril: Pedro Abrunhosa e os Comite Caviar - 6 de Julho de 2017.

Em 2010 Pedro Abrunhosa Reúne os Comité Caviar, alia-se ao produtor João Bessa, e lança o álbum Longe, que atinge o galardão de dupla platina. Canções como “Fazer o que Ainda não Foi feito, “Não Desistas de Mim”, Pode o Céu Ser Tão Longe”, juntam-se a tantos outros hinos, lendas, adágios, a que Pedro Abrunhosa nos habituou desde sempre. Durante todo este tempo, percorre o País de Norte a Sul, esgotando todas as salas de espectáculo onde actua e deixando um rasto de mais de 100 concertos, todos eles únicos, todos eles inesquecíveis, passando ainda pelo Brasil, por Angola, por Espanha e por França.

Em Dezembro de 2013 é editado o 7.º disco de estúdio de Pedro Abrunhosa, ‘Contramão’. Onze novas canções, incluindo os singles ‘Toma Conta de Mim’ e ‘Voámos em Contramão’.

‘Para mim, um Disco é cada vez mais um Livro, uma narrativa contínua de histórias desencontradas que se reencontram na Música que escrevo, de personagens, por vezes atormentadas, outras felizes, de sentimentos de perda ou de conquista que acabam por ser comuns a muitos de nós. Falo de mim através das vozes de outros e transponho-me para os outros usando a minha própria voz. Ao longo de todo este tempo, diria quase desde que me conheço enquanto Músico, procurei melhorar a simplicidade daquilo que verdadeiramente me fascina: escrever Canções. O que aí vem é apenas isso. A minha Vida tornada palavra e harmonia. Se se encontrarem comigo neste trabalho, a minha tarefa estará cumprida e partirei para a estrada já com o próximo disco nas entranhas.’

As palavras são de Pedro Abrunhosa que contou, mais uma vez com João Bessa na produção e com os músicos do Comité Caviar, que o acompanham desde o último disco de estúdio. ‘Contramão’ foi gravado nos Boom Studios e como convidados especiais, Abrunhosa chamou ainda Camané e o flamenquista catalão Duquende.

By Luis Macedo
Google+